Secretário de Saúde atende na Clínica da Família de Figueira
 
Estudantes de Nova Iguaçu têm dia de atleta na Vila Olímpica
 

Despoluir Baía de Guanabara custaria R$ 20 bi e levaria 25 anos, diz secretário

O secretário do Ambiente do estado do Rio de Janeiro, André Correa, disse ontem (20) que não é possível deixar a Baía de Guanabara em condições adequadas em menos de 25 anos. Correa concedeu entrevista coletiva ao lado de uma ecobarreira no Rio Meriti e afirmou que a meta de "despoluir 80% da baía até a Olimpíada" era "muito ousada e mal colocada", pelo que ele avaliou como um erro de comunicação



 
TSE divulga limites de gastos de campanha para eleições deste ano

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou ontem (20) os limites de gastos de campanha que poderão ser feitos por candidatos a prefeito e a vereador nas eleições deste ano. A informação foi publicada no Diário de Justiça Eletrônico.
Para o cargo de prefeito, o município que tem o maior limite de gasto de campanha é São Paulo. Segundo o TSE, no primeiro turno, os candidatos a prefeito da capital paulista poderão gastar pouco mais de R$ 45 milhões. No segundo turno, o valor cai para pouco mais de R$ 13 milhões. Em 3.794 municípios os gastos estão limitados a até R$ 108 mil
 
 
OLIMPÍADAS

Ministro diz que governo tem "absoluta convicção" da segurança da Rio 2016

O ministro do Esporte, Leonardo Picciani, disse ontem (20) que o governo federal “tem absoluta convicção” de que os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro serão seguros. Picciani conversou com jornalistas após a reunião semanal entre ministros para tratar dos jogos Rio 2016. De acordo com o ministro, o governo está adotando estratégias adequadas de segurança e enfrentamento ao terrorismo.
Picciani elogiou o tamanho do efetivo disponibilizado para o evento. Segundo ele, os 88 mil homens são “o maior efetivo já empregado no Brasil em um único evento”
 


RIO

Restaurantes populares voltam a funcionar no Rio de Janeiro

Os restaurantes populares voltaram a funcionar ontem (20) no Rio de Janeiro, depois que o governo estadual liberou R$ 10 milhões para o pagamento de parte das faturas atrasadas aos fornecedores dos 16 estabelecimentos da cidade

         
Maia quer colocar em votação na Câmara projeto contra corrupção até o fim do ano

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou ontem que pretende colocar em votação o pacote de medidas anticorrupção até dezembro. “Vamos trabalhar para isso. O importante é terminar o ano com essa matéria aprovada”, disse Maia. Fruto de pressão e construção de organizações da sociedade civil, o projeto incorpora as chamadas 10 Medidas contra a Corrupção.
Maia se reuniu com representantes de juízes, procuradores, Tribunal de Contas da União (TCU), organizações não governamentais e o relator do projeto na Comissão Especial, deputado Onix Lorenzoni (DEM-RS), para discutir o tema.
  Estudante de Nova Iguaçu ganha bolsa para estudar na Orquestra de Violões do Forte de Copacabana 

O I Festival de MPB da Rede Municipal de Ensino de Nova Iguaçu, que deu o primeiro lugar a Escola Municipal Professor Osires Neves, rendeu frutos para o estudante João Marcos Farias da Guarda, de 7 anos. O aluno da Escola Municipal Therezinha de Jesus Hermida tocou o Hino da Cidade com seu Cavaquinho e ganhou uma bolsa para estudar na Orquestra de Violões do Forte de Copacabana.
Ele que toca o instrumento desde os quatro anos de idade encantou o maestro Celso Ricardo, que além de ser integrante do Forte é também maestro da Escola Municipal Professor Darcy Ribeiro e também fazia uma audição especial na final do festival.
  Governo enviará ao Congresso reforma trabalhista até o fim do ano, diz ministro

O ministro do Trabalho e Previdência Social, Ronaldo Nogueira, disse ontem (20) que o governo do presidente interino Michel Temer vai encaminhar ao Congresso Nacional até o fim deste ano uma proposta de reforma trabalhista e outra para regulamentar a terceirização.
Durante café da manhã com jornalistas, ele lembrou que a legislação trabalhista brasileira data dos anos 40 e que, de lá para cá, novas atividades econômicas foram incorporadas à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). “Ela virou uma colcha de retalhos que permite interpretações subjetivas”, opinou.
Segundo o ministro, a proposta de reforma trabalhista a ser elaborada pelo governo vai valorizar a negociação coletiva e tratar de assuntos como salário e jornada, mas não vai permitir, por exemplo, o parcelamento de férias ou do décimo terceiro salário.
 
 
 
navegue aqui
colunas
 
Empresa Jornalística Real ZM Notícias Ltda
   
Rua Professor Heleno Cláudio Fragoso, 529, Jardim Iguaçu - Nova Iguaçu - RJ - CEP: 26.282-010
   
FUNDADOR: Manoel Almeida
   
Diretor Comercial: Marcelo Almeida
   
Diretora Administrativa: Michelle Almeida
 
Copyright 2013 ZM Notícias - Todos os direitos reservados
 
 




                             layout by