Cogestão do Hospital Saracuruna  é tema de reunião no Cisbaf

O “Acordo de cooperação para transferência de gestão do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes para o município de Duque de Caxias” foi o tema central da reunião com secretários de Saúde e coordenadores de urgência e emergência dos municípios da Baixada Fluminense, ocorrida na quarta-feira (12), na sede do Cisbaf e remotamente pelo aplicativo Zoom. O secretário de Saúde de Duque de Caxias, José Carlos de Oliveira, explanou o processo da cogestão e as ações até o momento implantadas. O hospital é uma das principais referências de atendimento para os casos de alta complexidade na região. 

De acordo com José Carlos, o contrato de cogestão terá duração de dois meses. Para isso, a Secretaria de Estado de Saúde se comprometeu em repassar mensalmente R$ 16,5 milhões ao município para arcar com o pagamento da folha de funcionários e compra de insumos. José Carlos aproveitou a ocasião para solicitar apoio aos demais prefeitos e secretários de Saúde junto aos governos federal e estadual para a manutenção do hospital. 

“O Hospital Adão Pereira Nunes é regional e representa um pilar importante na rede de saúde da Baixada Fluminense. Não podemos deixar esta unidade fechar. Precisamos nos unir e buscar, junto ao governo estadual e ao Ministério da Saúde, recursos não somente para a manutenção, como para a qualificação de serviços. A Prefeitura de Duque de Caxias já vem investindo nas áreas de neurocirurgia e ortopedia a fim de desafogar a fila de pacientes internados, mas não é o suficiente”, destaca.

Ao final, foi consenso convidar o secretário estadual de Saúde para uma reunião no consórcio para tratar do assunto. 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.