Duque de Caxias passa a fazer parte do Mapa do Turismo Internacional da Embratur

A cidade de Duque de Caxias passa a fazer parte do Mapa do Turismo Internacional da Embratur. A iniciativa de incluir o município no mapa partiu da presidência da Embratur e foi apresentada à presidência da República na última semana.

O Mapa do Turismo Internacional identifica o perfil das cidades brasileiras com potencial para receber visitantes estrangeiros. Com isso, permite que o município passe a receber o apoio de políticas públicas de fomento ao turismo. O estudo, apresentado pela Embratur, destaca 23 cidades, de diversas regiões do Estado, com potencial para receber esse apoio.

Para a subsecretária de Turismo, Lídia Malafaia, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Duque de Caxias (SMCT), a notícia chega em um momento especial e é um reconhecimento às ações desenvolvidas no sentido de apoiar o turismo no município.
“Duque de Caxias tem um potencial turístico imenso e nossa equipe tem feito um trabalho significativo para fomentar o setor. Estamos muito contentes em fazer parte do Mapa Brasileiro do Turismo e também receber essa nova menção da Embratur, com vistas ao mercado internacional”, declarou a subsecretária.

Entre as iniciativas da SMCT, estão a estruturação e atualização do inventário da oferta turística da cidade, realizado com apoio da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), de mapeamento dos equipamentos, feiras de artesanato e a elaboração do calendário de eventos. Entre os atrativos aos visitantes, destacam-se o patrimônio histórico, equipamentos culturais, além das unidades de lazer, conservação, gastronomia e comércio. O turismo de negócio também tem vez, devido à proximidade com a Capital e com o Polo Industrial.

Confira as opções de interesse turístico no município de Duque de Caxias listadas pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo:

– Áreas de Preservação Natural:

Entre os espaços que oferecem trilhas ecológicas e uma rica diversidade de fauna e flora, estão o Parque Natural Municipal da Taquara, Parque Natural Municipal da Caixa D´Água (primeira trilha sensorial da Baixada Verde), Reserva Biológica do Tinguá e Refúgio de Vida Silvestre Estadual da Serra da Estrela. Destaca-se também o Sinal do Vale, um espaço de hospitalidade, repleto de trilhas, rampa de voo livre e cercado de muito verde. A área faz parte da iniciativa Cinturão Verde, que busca preservar e recuperar as bacias hidrográficas e a biodiversidade da Mata Atlântica. O local é certificado como um dos 17 Refúgios Globais da Ecosfera no Mundo, pela Fundação Long Run Initiative;

– Feira Livre no Centro de Duque de Caxias:
A tradicional feira livre, que ocorre aos domingos, é uma oportunidade para experimentar a cultura local e encontrar produtos regionais, como alimentos, roupas e artesanato;

– Atividades de Aventura:
Voo cativo e atividades de aventura no Balão, voo livre e turismo ecológico (passeio de Jipe, sem capota, pelas lindas estradas e atrativos de Xerém);

– Atrativos Culturais:
Centro Cultural Oscar Niemeyer, centenária Igreja Nossa Senhora do Pilar, Ruínas da Igreja Santa Rita da Posse (antiga igreja velha), Museu Vivo do São Bento (museu de percurso), Museu Histórico de Duque de Caxias, Museu Ciência e Vida (único planetário de cúpula fixa da Baixada Fluminense), Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos do Grande Rio, entre outros importantes equipamentos culturais;

– Negócio, Comércio e Gastronomia:
Por ser um polo industrial e comercial, o município atrai uma demanda empresarial e pessoas motivadas a conhecer o rico e diverso comércio. Destaque para os feirões na rodovia Washington Luiz e o calçadão comercial, localizado no Centro da cidade. Na gastronomia, o município vem fazendo a diferença com diversidade de bares, restaurantes e cafeterias. Em breve, a cidade vai ganhar um Hotel Escola Municipal, no distrito de Xerém, pensado e equipado para proporcionar a melhor formação e experiência aos alunos e visitantes.

– Artesanato:
Com mais de 500 artesãos cadastrados e reconhecidos pelo Governo Federal, pode-se afirmar que o município tem um dos melhores artesanatos do Estado. Hoje, as diversas feiras e lojas colaborativas têm refletido a identidade cultural do município. Em reconhecimento a todo esse talento e criatividade, 55 obras de artesãos caxienses foram selecionadas para participar da FIA Lisboa – Feira Internacional do Artesanato em Lisboa, que acontecerá entre os dias 24 de junho e 2 de julho de 2023, em Portugal;

– Eventos Culturais:
Destaque para as tradicionais festividades, atraindo centenas de visitantes para o município, como a tradicional Festa de Santo Antônio, visitada por mais de 200 mil visitantes em 2023, e a Romaria do Pilar, reunindo uma multidão de fiéis; além de diversos eventos privados que movimentam a cultura, o lazer e a economia da cidade.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.