Escola Fábrica dos Atores enfrenta desafios para manter suas atividades na Baixada Fluminense

A Escola Fábrica dos Atores e Materiais Artísticos é uma iniciativa que nasceu em 2001 em Nova Iguaçu, oferecendo aulas de teatro para a comunidade. Sobrevivendo a partir de doações e editais, sem nenhum patrocínio, a companhia enfrenta dificuldades e limitações diariamente. Recentemente, a Escola Fábrica dos Atores recebeu uma notícia que causou grande preocupação: em um prazo de três meses, será necessário deixar o espaço onde atualmente exerce suas atividades. 

“Estamos em busca de um novo lugar e já voltamos a tentar dialogar com a prefeitura em busca de um espaço ocioso, porque há inúmeros lugares da prefeitura abandonados há anos, sem nenhuma atividade”, explica Alexandre O. Gomes, ator, diretor e um dos fundadores da companhia, que recentemente foi o vencedor na categoria Melhor Iluminação no Prêmio Shell de Teatro. Sua fala evidencia um problema recorrente no Rio de Janeiro: a existência de prédios públicos abandonados e inutilizados, muitas vezes sem qualquer atividade ou funcionalidade, enquanto há uma grande demanda por espaços para fins sociais, culturais e artísticos na cidade. Essa realidade é uma demonstração de como a falta de investimentos em políticas públicas pode impactar negativamente a vida das pessoas e da comunidade como um todo. “O maior desafio para nós, devido às dificuldades financeiras, é pagar o aluguel para manter a escola de pé”, ele pontua.

Há um valor simbólico de mensalidade para os alunos, mas é importante ressaltar que não se trata de uma cobrança comercial e os alunos que não têm condições de arcar com essa despesa são acolhidos da mesma forma. Além disso, há iniciativas de doação por parte de alguns alunos, ex-alunos e outros colaboradores para ajudar a escola a se manter. Como a escola não conta com patrocínios, essas doações e a mensalidade são fundamentais para manter as atividades, mas ainda assim não são o suficiente. Por isso, a companhia segue encontrando desafios.

Com uma trajetória de sucesso na formação de atores e cidadãos conscientes, a companhia luta para encontrar um novo espaço onde possa seguir promovendo a transformação social por meio da arte. A Escola Fábrica dos Atores é um exemplo inspirador de resiliência e compromisso social, e merece todo o apoio e reconhecimento pela sua contribuição à cultura e à comunidade.

FOTO Lourival Negreiros

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.