Projeto Escolas Seguras é realizado em mais uma unidade escolar de Nova Iguaçu

O Projeto Escolas Seguras: Desenvolvendo a Resiliência através da Educação, voltou a ser realizado em uma unidade escolar de Nova Iguaçu, nesta quarta-feira (24). Desta vez, alunos, professores e funcionários da Creche Nossa Senhora da Luz, no bairro Figueira, participaram do evento. Desenvolvido na cidade desde 2017, o projeto da Secretaria Municipal de Defesa Civil em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e o Centro de Estudo e Pesquisa sobre Desastres da Universidade do Estado do Rio de Janeiro foi retomado em abril deste ano e ainda vai passar por outras cinco escolas.

A próxima edição do Projeto Escolas Seguras vai acontecer em junho, na Escola Municipal Agroecológica Vale do Tinguá.

“A aplicação do Projeto nas creches municipais tem sido um grande e prazeroso desafio. Nossas equipes, com o auxílio de profissionais da Secretaria de Educação de Nova Iguaçu, têm aprendido a lidar com crianças de 2 e 3 anos de idade. Um exercício de aprendizado contínuo e de adaptação da linguagem que permite transmitir todo o conteúdo sobre segurança aos pequenos com qualidade, de forma lúdica, agradável e cativante, afinal, “brincadeira é coisa séria! “”, afirmou o secretário de Defesa Civil de Nova Iguaçu, tenente coronel Jorge Ribeiro.

Na Creche Nossa Senhora da Luz, 45 alunos, seis professores e dez funcionários participaram de um exercício simulado de desocupação durante um incêndio. Durante a semana, eles ainda passaram por oficinas e treinamentos. O objetivo é desenvolver junto aos participantes a capacidade de resiliência e reduzir o risco de desastres nas unidades. A creche é a 31ª unidade a receber o projeto na cidade.

Em agosto, a visita vai acontecer na EM José de Anchieta (Tinguazinho). Em setembro, a simulação será na EM Aminthas Pereira (Figueira) e, em outubro, na EM Professora Izabel dos Santos Soares Melo (K11). Em novembro, a Secretaria de Defesa Civil de Nova Iguaçu ainda realiza um exercício simultâneo nas 36 escolas que já receberam o projeto, numa alusão ao Dia Estadual para Redução de Riscos de Desastres.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.