São João de Meriti realiza cerimônia  dos novos conselheiros tutelares

Os 10 novos conselheiros tutelares de São João de Meriti, eleitos no último pleito, tomaram posse na semana passada, durante cerimônia ocorrida no Centro Cultural Meritiense. Além deles, 10 suplentes também foram empossados.

O evento contou com a participação do prefeito da cidade, Dr. João, além de representantes do Ministério Público, Conselho Tutelar, Conselho Municipal, entre outros.

Os novos conselheiros vão dar sequência ao trabalho que vem sendo feito pelo município, no auxílio à crianças e adolescentes, conforme determina a lei.

Os empossados vão contar com mais dois carros para deslocamento pelo município e assistência aos jovens
Fotos: Beto Franzen

“O Conselho Tutelar é uma porta aberta para a dignidade das crianças, jovens e adolescentes”, destacou a representante Marinete Valentim. Ela agradeceu o trabalho que vinha sendo feito pelos antigos conselheiros do município, bem como os profissionais de saúde e demais envolvidos na causa.

A representante do Ministério Público, Luciana Pereira, disse em seu discurso que ser conselheiro é uma tarefa árdua e que os profissionais devem conhecer as crianças de quem serão responsáveis. Luciana ressaltou ainda que a lei prevê prioridade absoluta para eles e que Estatuto da Criança e Adolescente é uma referência no trato com esses jovens cidadãos. “Criança é um investimento e não uma despesa”, ressaltou Luciana que disse ainda que o Conselho Tutelar deve promover e defender os direitos estabelecidos na lei.

Em seu discurso o prefeito da cidade, Dr. João, lembrou de quando era médico legista, ocasião em que atendeu diversas crianças e jovens vítimas de agressões e que é função do poder público tratar dessas pessoas. O chefe do Executivo destacou ainda que, diferente de outros municípios, São João de Meriti não teve problemas nas eleições dos conselheiros, ainda que o processo tenha sido difícil.

Uma das novas conselheiras, a Professora Simone, que foi com toda família para o evento, ficou surpresa com a classificação e contou um pouco sobre o trabalho a ser realizado. “Como professora do município (magistério) eu vi de perto a necessidade de termos conselheiros e a sociedade precisa pensar sobre o assunto. Escola e pais devem trabalhar juntos, fazendo um trabalho eficaz, com total participação da sociedade. Muitas demandas do Conselho Tutelar acontecem por falta de orientação prévia, acredito que precisamos educar não só as crianças, mas também os pais, mostrar a eles que existem direitos e deveres para ambos”.

O Conselho Tutelar vem trabalhando para melhorar o atendimento à população e outra boa notícia é que os empossados vão contar com mais dois carros para deslocamento pelo município e assistência aos jovens.

Após os discursos os novos conselheiros, seguidos pelos suplentes, foram convidados a assinarem o Livro de Posse, oficializando assim o início de suas atividades no município, pelo prazo de quatro anos.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.