Austin recebe serviços de vacinação  e serviços de assistência

Sabedora da importância da vacinação contra o sarampo, a autônoma Carla Adriana Nunes, de 41 anos, aproveitou a presença do ônibus da Prefeitura de Nova Iguaçu na Praça do Tinguazinho, em Austin, para ser vacinada, na terça-feira (10). Como ela e a filha Carine, de 23 anos, outros moradores da região foram beneficiados pela imunização. Além da dose contra o sarampo, o programa “Prefeitura Presente” oferece, de forma gratuita, serviços de saúde, educação e assistência social. Um outro ônibus esteve no Campo da Inconfidência, no mesmo bairro.

“Só havia tomado algumas vacinas quando era adolescente. Mas com a saúde não se brinca. Agora me sinto mais segura por ter tomada a dose contra o sarampo”, contou Carla que já participou de outras edições do “Prefeitura Presente”, realizadas na Praça do Batuta e Tinguazinho. “Ainda pude medir minha taxa de glicose, pois sou diabética e tenho que fazer acompanhamento”.

O gerente de restaurante Marcos Antônio Nunes, de 51 anos, levou a mulher Patrícia e os filhos Fernando, de 13, e Larissa, de 20, para atualizarem a caderneta de vacinação.

“Nem precisamos tomar a vacina contra o sarampo, mas faltou a antitetânica. Agora estamos com tudo em dia. A prevenção é importante e a população deve ter essa consciência”, alertou o gerente.

Fotos: Raphael Bittencourt

O “Prefeitura Presente” também ofereceu orientações sobre a matrícula escolar para 2020, agendamento de mamografia, cadastramento na Agência Nova Iguaçu de Oportunidades, teste rápido de hepatite, sífilis e HIV, aferição de pressão arterial e de glicemia capilar, cadastramento, recadastramento e pesagem do ‘Bolsa Família’, cadastramento e recadastramento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e solicitação de ID Jovem.

Quem esteve na Praça do Tinguazinho e Campo do Inconfidência ainda pode agendar para fazer a carteira de trabalho e a de idoso, solicitar a caderneta do idoso, pedir reconhecimento de paternidade e Vale Social. As crianças se divertiram com atividades lúdicas, contação de histórias e com o ‘Matemática na Praça’, que ensina a disciplina de forma divertida. 

“Não poderia deixar de aproveitar esses serviços gratuitos na porta de casa. Esse programa ainda nos ajuda, pois não precisamos gastar dinheiro de passagem e se deslocar para longe para buscar um serviço de assistência social e saúde”, comentou a moradora Nayara Rodrigues, de 25 anos, que participou da ação em Tinguazinho. “Vim me cadastrar no Bolsa Família, pois esse dinheiro vai me ajudar financeiramente. Trabalho como diarista e ganho pouco.”

Também aconteceram ações da Superintendência de Vigilância Ambiental em Saúde (Suvam) com orientações sobre o controle de roedores (PCR), caramujo (malacologia), cuidados com água (Vigiágua), prevenção de desastres ambientais (Vigidesastres) e sobre a dengue.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.