Combate ao abuso sexual e criação do Centro Histórico Mário  Marques serão temas de debate na Câmara de Nova Iguaçu

Esta semana o plenário da Câmara Municipal de Nova Iguaçu será palco de discussões importantes para a sociedade, o Legislativo e o Executivo. Na próxima quarta, dia 18, às 18 horas, acontece o Fórum pelo Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Segundo a Fundação FEAC, 70% das vítimas de estupro no Brasil são crianças e adolescentes, uma estatística triste de ser dita. Desta forma, todos os vereadores, todo o secretariado municipal, representantes da promotoria de tutela da criança e do adolescente, Subsecretaria dos Conselhos Municipais, assistentes sociais, conselheiros tutelares, OAB, entre outras entidades, estarão reunidas na Câmara para discutir e traçar planos de intervenção concreta na cidade de Nova Iguaçu, planos que signifiquem mudar esta realidade.

Na quinta-feira, dia 19, às 10 horas, acontece a audiência sobre a criação do Centro de Pesquisa e Documentação Histórica MÁRIO MARQUES da Câmara Municipal de Nova Iguaçu. Iniciativa única na Casa, o Centro irá garantir a preservação, a conservação, a difusão e o acesso da história política Legislativa, do município e região. Projeto de autoria do presidente Eduardo Reina Gomes de Oliveira, Dudu Reina, o nome Mário Marques foi escolhido para homenagear uma figura pública de muita história em Nova Iguaçu, ex-presidente da CMNI. Para participar da audiência estão convidados o prefeito RogErio Lisboa e todo seu secretariado, os responsáveis pelos Centros de Memória do Ministério Público do Rio de Janeiro, da Câmara Municipal de Duque de Caxias e do Acervo da Cidade do Rio de Janeiro, e a família de Mário Marques.

Os eventos são aberto à população. O endereço é Rua Prefeito João Luiz do Nascimento, 38, Centro, próximo à rodoviária.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.