Combate ao desperdício de água tratada: Uso de tecnologia auxilia na identificação de vazamentos subterrâneos

Com o uso de um equipamento chamado geofone, ultrassensível a sons, equipes operacionais da Águas do Rio identificaram um vazamento subterrâneo na rede de abastecimento de água das ruas João da Mata Peixoto e Adolfo Bergamini, no Centro de Nilópolis. Ao perceberem comprometimento no fornecimento, moradores acionaram a concessionária que realizou a sondagem e o reparo na tubulação, beneficiando cerca de 200 pessoas.

“Logo que entramos em contato com a Águas do Rio para entender o que estava acontecendo, a equipe veio à nossa rua e iniciou o trabalho. Depois que eles mexeram, a água voltou imediatamente”, afirmou a moradora Dalva Januário dos Anjos, de 53 anos.

Em casos como este, que o vazamento não é visível a olho nu, a companhia faz uso da tecnologia. “Assim que o geofone identificou este vazamento, equipes operacionais iniciaram a obra para a troca da peça avariada no sistema de água que abastece as ruas, e o fluxo e a pressão aumentaram para todos os imóveis daquela região”, explicou Osiel de Aguiar, supervisor de Serviços da empresa.

Segundo o diretor executivo da concessionária, Felipe Esteves, com investimentos em tecnologia, a empresa consegue dar celeridade aos serviços. “Atuamos rápido para evitar que pequenos vazamentos ganhem maiores proporções, impactando a vida dos moradores. O canal de comunicação permanente com a população também é uma estratégia importante para que possamos identificar o problema e resolvê-lo”, comentou o diretor que atua em Nilópolis e outros quatro municípios da Baixada Fluminense.

Melhorias por toda cidade

Além das ruas que receberam as intervenções da concessionária, ao longo de 2022, a companhia revitalizou e ativou também o Reservatório Cabral, ampliando a oferta de água para a região. No bairro Santos Dumont, a Águas do Rio realizou a desobstrução de um registro na Rua Vicente Celestino. O equipamento, localizado por detector de metais, estava quebrado e coberto por asfalto há uma década e esta intervenção beneficiou mais de dois mil moradores da região.

Também foram feitos reparos em pontos de vazamento não visíveis, a limpeza no motor da bomba e manutenção na Elevatória Dinamarco Reis do Paiol, recadastramento de imóveis, entre outros serviços, que garantem a qualidade do abastecimento de água para toda a cidade.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.