Encontro debate sobre o uso da tecnologia na Segurança Pública

Realizado no último dia 08 de dezembro, no auditório da Universidade Estácio de Sá de Nova Iguaçu, o “I Fórum Itinerante de Boas Práticas e Inovação Tecnológica em Segurança Pública”,  foi um esforço da sociedade civil organizada, através dos Conselhos Comunitários de Segurança (CCS’s) de Nova Iguaçu, Jacarepaguá, Belford Roxo e Duque de Caxias para ampliar o debate sobre a necessidade da adoção de tecnologia na busca por uma segurança pública cada vez mais eficiente além de estudar casos de sucesso em prática em outros territórios.

“Um momento ímpar e muito especial para mostrar para a sociedade, a potência que cada CCS’s tem e com a qual pode colaborar em favor da sociedade”,  explicou Jayme Soares, Presidente do CCS de Nova Iguaçu.

O evento contou com a participação de representantes das Polícias Civil e Militar, da Secretaria de Ciências e Tecnologia do Estado, do Centro Integrado de Comando e Controle do Estado, das Prefeituras de Magé, Itaguaí, membros da sociedade civil e teve como missão a promoção de palestras e workshops construtivos com profissionais renomados, de forma a proporcionar oportunidades de aprendizado e desenvolvimento de uma mentalidade voltada para a construção de uma sociedade mais segura.

“Tivemos como objetivo integrar os CCS’s, trazer empresas de ponta e referências na segurança pública para gerar consciência positiva na população, ampliando parcerias e capilaridade entre sociedade civil e entes públicos” , enfatizou o presidente do CCS de Jacarepaguá, Rodrigo D’Eça.

O evento contou com a participação de empresas de ponta como Global Drones, Doblist e Dahua, referências em drones, computação quântica e monitoramento. Ainda, contou com a presença do Presidente da Comissão de Segurança e Assuntos de Polícia da ALERJ, o deputado estadual Márcio Gualberto e com uma palestra pelo Ten. Cel. PM Paulo Amêndola, autor do projeto de criação do BOPE e organizador da Guarda Municipal da Cidade do Rio de Janeiro, que abordou o tema “Polícia Municipal: o futuro das guardas municipais”.

“A segurança pública deve atuar, sempre que possível, com foco no planejamento, inteligência e tecnologia e assim sendo, o Fórum pretende motivar o investimento em tecnologia, apresentando elementos que proporcionem o maior conhecimento a respeito das modernas tecnologias aplicáveis à segurança”, pontuou Amêndola.

A organização  do evento foi desenvolvida em conjunto com os presidentes de Nova Iguaçu, Caxias, Jacarepaguá e Belford Roxo. “Colaborei com a experiência de quem já conseguiu realizar movimentos assim na minha cidade. É importante para a Baixada Fluminense e para todo estado que esse fórum ganhe força e alcance outros municípios.” concluiu Isaac Lima, Presidente do Conselho Comunitário de Segurança de Belford Roxo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.