Exposição sobre os 104 anos do Correio da Lavoura é aberta em Nova Iguaçu

Bira e Vinícius: os descendentes de Silvino Hipólito de Azeredo, fundador do jornal

Foi aberta nesta terça-feira (30/11) na Praça Silvino de Azeredo, em Nova Iguaçu, a exposição “Identidade & Pertencimento” que conta um pouco da história dos 104 anos do jornal Correio da Lavoura.

O projeto, realizado pela Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (Fenig), com a apoio da Secretaria de Cultura, teve um intenso trabalho de pesquisa realizado pelos jornalistas Almeida dos Santos e Claudia Maria, além do fotógrafo, Paulo Santos.

Na exposição, o público poderá ver imagens raras do jornal e de seu fundador, Silvino de Azeredo, além de personagens que marcam a história do município de Nova Iguaçu. A energia do jornal semanal fundado por ele em março de 1917, está viva hoje num veículo dinâmico e on-line que permanece editado pelo bisneto Vinícius Azeredo, que hoje conduz esse legado histórico.

Após o lançamento, a exposição será levada para a Sala de Leitura Livros para Voar, espaço da Fenig, no terceiro piso do TopShopping, com entrada gratuita.    

Estiveram presentes na cerimônia de lançamento da exposição, o presidente da Fenig, Miguel Ribeiro; o secretário de Cultura, Marcus Monteiro; o subsecretário de Cultura, Rogerio Costa; o secretário de Esporte e Lazer, Fernandinho Moquetá; o secretário de Desenvolvimento Econômico, Mario Lopes; o secretario de Meio Ambiente, Fernando Cid, entre outros.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.