Galpão da Emlurb abre as portas  para receber pneus velhos em Austin

Com tempo de decomposição estimado em 600 anos, os pneus são um grande problema para o meio ambiente quando descartados de maneira indevida. Para minimizar o impacto ambiental, a Prefeitura de Nova Iguaçu abriu as portas do Ponto de Entrega Voluntária (PEV), localizado em Austin, onde motoristas e borracheiros podem descartar os pneus corretamente. O galpão da Rua Fluminense, 78, só recebia os pneus recolhidos pela Empresa Municipal de Limpeza Urbana (Emlurb). O descarte irregular de pneus é passível de multa, segundo presidente da Emlurb, Alexander Bento Resende.

Desde que a Emlurb começou a recolher os pneus, 10 mil unidades já foram enviadas para empresas recicladoras, onde são transformadas em granulado de borracha
Alziro Xavier/PMNI

“Nós iremos continuar recolhendo os pneus descartados incorretamente por toda a cidade, mas precisamos conscientizar a população, especialmente os borracheiros, que é importante dar um destino adequado aos pneus. Para isto, vamos passar por cerca de 200 borracharias do município para fazer este trabalho de divulgação”, disse Alexander.

Alziro Xavier/PMNI

Desde que a Emlurb começou a recolher os pneus, 10 mil unidades já foram enviadas para empresas recicladoras, onde são transformadas em granulado de borracha, usado em gramados sintéticos, solado de sapato, tijolo reciclável, entre outros.

“A partir de agora vamos permitir, também, que artesãos interessados possam captar conosco alguns pneus, para que sejam transformados em peças como poltronas”, revela o presidente da Emlurb, destacando que é preciso enviar ofício à empresa para solicitar os pneus e informar com que finalidade serão usados.

Até o final de outubro o descarte de pneus pode ser feito de segunda a sábado, das 8h às 16h. A partir de 1º de novembro o galpão estará aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 16h.

Container aberto 24 horas por dia

Além de receber pneus, o Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de Austin também está recolhendo materiais recicláveis feitos de papel, papelão, vidro, metal e plástico. Para isto, um container foi instalado ao lado de fora do galpão, para o material possa ser descartado o dia inteiro. 

Todo o material recolhido será destinado à Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis Vitória, local de onde 15 pessoas tiram o sustento de suas famílias. “Receber estes materiais do PEV de Austin vai ser muito importante para todos da cooperativa. Este algo a mais é o que vai nos ajudar a colocar um pouco mais de comida dentro de casa”, comemora Maria Francisca de Paula Ferreira, 56 anos, presidente da cooperativa.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.