Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes bate recorde histórico de cirurgias realizadas

Não é todo dia que uma unidade hospitalar de alta complexidade, referência estadual em atendimentos a politraumatizados graves, registra um recorde histórico de cirurgias realizadas. A boa notícia ganha um significado ainda maior para a população de todo o Estado, quando essa unidade passou por um processo de municipalização há menos de três meses. Esse é o caso do Hospital Municipalizado Adão Pereira Nunes (HMAPN) que, desde o dia 19 de janeiro, passou a ser administrado pela Prefeitura de Duque de Caxias, através da Secretaria Municipal de Saúde.

Em meio a todo o processo de municipalização pelo qual passa a unidade hospitalar, inaugurada há 23 anos pelo Governo do Estado, o recorde alcançado de 1.031 cirurgias realizadas, só no mês de março, reforça o trabalho de reestruturação que a Prefeitura vem desenvolvendo na unidade. Para o secretário municipal de Saúde, Drº Daniel Puertas, os resultados alcançados em menos de 90 dias da municipalização reforçam o esforço e competência da Prefeitura de Duque de Caxias em gerir a unidade e levar o melhor serviço de saúde para toda a população.

“A municipalização do Hospital Adão Pereira Nunes foi uma grande missão assumida pelo município. Desde o início deste processo sabíamos das dificuldades que encontraríamos, mas sempre estivemos cientes da nossa capacidade. Prova disso é o recorde histórico de cirurgias realizadas no mês de março. Com o apoio do Governo do Estado, estamos ampliando de sete para nove o número de salas de cirurgia e instalando novos aparelhos de alta tecnologia. Além disso, o HMAPN ganhou um novo Centro de Imagens com tomógrafos, ressonância magnética, entre outros. A nossa expectativa é aumentar ainda mais essa capacidade agilizando os atendimentos”, ressalta o secretário de Saúde.

Morador de Piabetá, no município de Magé, o paciente Santos Paulo de Resende, 45 anos, é um dos beneficiados com a municipalização do Hospital Adão Pereira Nunes. Há dez anos sofrendo com dores na coluna, causadas por Artrodese Lombar, Santos passou por procedimento delicado na última quarta-feira (06/04), realizado pelo neurocirurgião Dr Rafael Pacheco. A cirurgia foi bem sucedida e o paciente já recebeu alta. “Por mais de dez anos eu sofria com essas dores na coluna. Busquei ajuda em hospitais, por vários municípios, mas graças a Deus consegui ser operado aqui no Adão. Não tenho palavras para agradecer o acolhimento de toda a equipe e ao Dr Rafael. É a realização de um sonho”, disse o emocionado Santos.

Para os diretores do HMAPN, Dr. Luca Freire (Diretor-Geral), Dr. Thiago Resende (Diretor Médico) e Dr. Leonardo Cupido (Diretor Técnico), o resultado positivo impactou a todos na unidade. “Esse número é bem impactante pra gente, porque é resultado de todo o esforço e dedicação das nossas equipes. Além disso, com a chegada dos novos aparelhos de ponta e do novo Centro de Imagem, estamos conseguindo fazer procedimentos delicado de neurocirurgia e coluna, que antes não eram feitos aqui”, reforça Dr. Luca Freire, diretor-geral do Hospital.

Fotos: Gabriel Mendes

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.