Jovem talento literário de Nova Iguaçu autografa livro na Sala de Leitura Fenig

“Desde o meu primeiro ano na escola eu comecei a ler e minha mãe participa de um projeto chamado “Clube do Livro do Lar”. Na pandemia eu participei de aulas online e comecei a me interessar ainda mais pela escrita. Minha mãe me incentivou e eu quis escrever um livro”, conta Ana Vitória Nicolau Ribeiro, de 8 anos, a jovem escritora do Jardim Alvorada, em Nova Iguaçu. Nesta sexta-feira (13), às 14 horas, Ana Vitória autografa o seu primeiro livro “Tamires e a coelha que Deus lhe deu”, na Sala de Leitura Fenig, no terceiro piso do TopShopping, no Centro de Nova Iguaçu. A ação é do Programa Municipal de Incentivo à Leitura e à Escrita, da Prefeitura de Nova Iguaçu, através da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu, a Fenig, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura.

Neste primeiro livro, Ana Vitória escreve sobre uma coelhinha, uma inspiração que ela teve com lembrança de uma coelhinha que ela teve. Entre seus autores favoritos estão Márcia Honora, autora de “Uma zebra legal”; Ana Terra, de “E o dente ainda doía”; Renata Felício Maia, de “O cabelo de Rebeca e o ninho de passarinho”, além do gosto pela leitura das bíblias ilustradas.

“Essa atividade na vida da Ana eu avalio que é conhecimento que ela vem buscando como se fosse uma caixinha que a cada dia a gente coloca um pouquinho de segredo dentro dela e ela vai abrindo essa caixinha e vai descobrindo algo novo e importante. A leitura é incentivo à educação, porque a escrita ajuda a formar o cidadão”, disse Ana Lúcia, mãe de Ana Vitória

“Agradeço aos projetos de incentivo à leitura porque muitas vezes, as crianças mudam, os adultos mudam e o mundo pode se transformar através da leitura”, disse Ana Lúcia.

Além da Tarde de Autógrafos, a ação “Livros para Voar”, da Fenig, recebe doações de livros, faz as publicações circularem pela cidade e fortalece os autores e a produção literária de Nova Iguaçu e da Baixada. A ação é dedicada aos romances de ficção e não ficção, poesias, biografias e estilos literários diversos. A ideia é a democratização de leitura que amplia o conhecimento. São 11 totens com as caixas do projeto para receber doações de livros e para que qualquer pessoa possa pegar uma publicação gratuitamente para desfrutar da leitura. As caixas estão na sede da Fenig (rua Governador Portela, 812, no Centro de Nova Iguaçu); na Sala de Leitura Fenig no TopShopping; Prefeitura de Nova Iguaçu; Hospital Geral de Nova Iguaçu, na Posse; Igreja Santo Antônio da Prata; Igreja São Miguel Arcanjo, em Miguel Couto; OAB Nova Iguaçu; Casa de Cultura; Casa do Professor; Cefet-NI; e Loja Caçula Nova Iguaçu.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.