Mesquita é a primeira cidade da Baixada a aceitar pagamento de tributos via Pix

Tornar Mesquita uma cidade mais moderna e tecnológica tem sido uma das principais metas do governo municipal nos últimos anos. Desde segunda-feira (12/07), o município passou a ser o primeiro da Baixada Fluminense e o quinto do estado do Rio de Janeiro a aceitar pagamento de tributos via Pix. Além disso, a Prefeitura de Mesquita também passou a oferecer, na mesma data, a opção de pagamento de tributos por cartões de débito e crédito. O serviço está sendo implantado em parceria com o Banco do Brasil.

“O Pix é um meio de pagamento que faz transações de forma instantânea e gratuita para pessoas físicas e que pode ser acessado por aplicativos que possuem carteira digital. Ou seja, é uma forma fácil, prática e rápida para fazer pagamentos. E, por isso, garante mais comodismo aos mesquitenses na hora de pagar essas taxas”, indica a subsecretária municipal de Orçamento e Finanças de Mesquita, Débora Moreira.

De casa

Em função da pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas estão evitando sair de casa quando não é extremamente necessário. Nesses casos, a adoção do Pix como forma de pagamento de tributos facilita a rotina e, ao mesmo tempo, é uma maneira segura do contribuinte não correr o risco de ficar inadimplente por não poder ir até uma agência bancária.

“Os carnês de IPTU, por exemplo, foram enviados pelos correios aos mesquitenses. Mas quem optou pelo parcelamento pode, via internet, emitir a segunda via dos boletos das parcelas e, a partir de agora, realizar esse pagamento através do Pix. Também é possível se dirigir à sede da Subsecretaria Municipal de Fazenda e, aqui, utilizar cartões de crédito ou de débito”, explica o subsecretário de Fazenda, Luiz Alberto Melo. 

Implantação

Para garantir a opção de pagamento de tributos através de cartões de débito e crédito, o setor de Orçamento e Finanças de Mesquita iniciou os trabalhos com a publicação, em fevereiro, de um edital de credenciamento de empresa especializada em pagamentos por meio de cartões. Já para implantar a arrecadação via Pix, técnicos do Banco do Brasil e profissionais da empresa que gerencia o sistema de informação da Prefeitura de Mesquita foram envolvidos. O processo durou cerca de quatro meses, sendo iniciado em março deste ano.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.