Queimados elege novos  conselheiros tutelares

O processo democrático de escolha dos conselheiros tutelares terminou neste domingo (6). Mais de 4 mil eleitores foram às urnas para eleger seus representantes no cuidado com as crianças e adolescentes do município pelos próximos quatro anos. O número de votantes foi o dobro em comparação a última eleição que teve 2,4 mil em 2017. O resultado foi divulgado nesta segunda (7) após apuração no Fórum Municipal.

Igor Lima

O pleito elegeu cinco conselheiros titulares: Cristina, Ezequiel, Renata, Stephanie Ximenes e Gabriela Rezende e outros cinco suplentes: Prof. Thiago Vieira, Júnio Coelho, Alex Fidelis, Rosa Maria e Vandinha. Lista pode ser alterada pelas impugnações, os eleitos participarão durante o mês de novembro do curso de formação obrigatório e a posse será no dia 10 de janeiro de 2020.

A eleitora Juliana Coutinho (26), falou da importância da votação. “Toda eleição é válida, não importa qual seja, a democracia é isto nós escolhemos nossos representantes para poder cobrar de suas atitudes. Então precisamos ter a consciência de vir votar mesmo não sendo obrigatório, temos que eleger pessoas que consideramos responsáveis para cuidar dessa parte social da nossa cidade, o cuidado com as crianças”, enfatizou a moradora do bairro Pacaembu.

Segundo o secretário da pasta, Elton Teixeira, esta foi a maior votação desde o início do conselho na cidade. “O trabalho que o CMDCA realizou durante todo esse processo foi muito importante para garantir uma eleição justa e os candidatos se empenharam para a realização de um processo limpo e transparente. O marco dessa eleição foi a participação da população queimadense que deu a essa missão a maior votação da história do conselho em Queimados. Isso reforça a luta pela garantia de direitos das nossas crianças e legitima ainda mais o trabalho  dos nossos conselheiros”, afirma o gestor.

Já a presidente do CMDCA, Dora Lima, falou da importância da participação dos órgãos públicos na realização da eleição. “A população participou e abraçou essa eleição, graças ao apoio e suporte dos órgão pudemos concluir essa votação, mesmo com as sessões lotadas, chegamos ao fim de um processo democrático que levou mais de 4 mil eleitores as urnas”, comemorou a assistente social.

Leave comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *.