Receita e MP apreendem  respiradores no Rio de Janeiro

A Alfândega da Receita Federal no Aeroporto Internacional do Galeão, em operação conjunta como Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, cumpriu nesta terça-feira (9) mandado judicial de sequestro expedido pela 1ª Vara Criminal Especializada da Capital.

Embora as Declarações de Importação tenham sido desembaraçadas normalmente pelos auditores-fiscais, foram retidos 97 respiradores importados pelas sociedades empresárias MHS Produtos e Serviços, SKN do Brasil Importação e Exportação, SKN Indústria e Comércio do Brasil e Santa Fe Trading Importador e Exportação foram retidos.

Os equipamentos deverão ser retirados exclusivamente pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Rio de Janeiro para uso em pacientes que lutam contra a COVID-19.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.