Queimados adquire 10 mil testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus

Após inaugurar o Centro Municipal de Triagem para o tratamento do novo coronavírus, a Prefeitura de Queimados dá mais um passo no enfrentamento à Covid-19. O Governo Municipal adquiriu 10 mil testes rápidos para agilizar o diagnóstico da doença e, na próxima semana, começar um grande mutirão de testagem rápida na população. Com a iniciativa, a cidade da Baixada Fluminense passa a ser uma das poucas a oferecer este tipo de serviço gratuitamente em todo o estado do Rio de Janeiro.

O município já oferecia o teste de Swab da Covid-19, feito em laboratório, que  precisa de alguns dias para ter seu resultado divulgado. Com o teste rápido à disposição, o resultado sai em 15 minutos e tem 87% de confiabilidade. Os aparelhos são os mesmos usados em testes em grandes capitais, como no Rio Centro e Via Parque, no Rio, por exemplo, e são aprovados pela Anvisa.

Neste primeiro momento, os trabalhadores de saúde da rede pública municipal que atuam na linha de frente da pandemia estão  sendo submetidos aos testes, além dos pacientes internados do Centro de Triagem recém-inaugurado pelo município. Em seguida, todos os 250 casos que estão na rede de monitoramento da Secretaria Municipal de Saúde passarão pelo procedimento. A previsão da Prefeitura é de ampliar o atendimento para mais quatro unidades básicas do município, localizadas nos bairros: Fanchem, Parque Santiago, Valdariosa e Belmonte.

De acordo com o prefeito Carlos Vilela, o objetivo é ampliar de forma ágil a detecção de pessoas com o novo coronavírus no município. “A ciência comprova que os locais que ampliaram os testes conseguiram alcançar resultados melhores no enfrentamento da doença. Em caso positivo, a pessoa será orientada a iniciar o isolamento domiciliar de imediato e um novo exame de contraprova será realizado”, explica.

Protocolo para realizar a testagem

O Ministério da Saúde estabelece uma série de regras para que o resultado dos testes rápidos sejam eficazes. Em Queimados, a pessoa precisa, obrigatoriamente, ter sido avaliada previamente em uma das 19 unidades de saúde da rede municipal ou da rede privada e ser encaminhado por um profissional da área da saúde a realizar o exame.

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde, Dr. Osiris Mello, há outros critérios a serem adotados antes da realização do teste rápido. “Os profissionais irão avaliar sintomas como: febre, coriza, congestão nasal, perda de olfato e paladar, tosse, dores no corpo, dificuldades respiratórias, entre outros”, disse.

O secretário ainda faz o alerta que é importante que o paciente diga exatamente quando começaram a aparecer os sintomas. “Essa informação é de extrema necessidade, afinal, o reagente do teste à doença só começa a aparecer a partir do oitavo dia de sintomas, isso significa que, se a pessoa fizer o teste antes deste período, ela pode estar infectada e o resultado dar negativo. Teremos um cenário mais próximo da realidade. À medida que testarmos mais, os números tendem a aumentar”, frisa o gestor municipal de Saúde.

Equipe monitora 250 pacientes

Seis equipes de monitoramento da Secretaria Municipal de Saúde fazem o monitoramento de 250 pessoas que procuraram as unidades municipais de saúde apresentando alguns sintomas, mas ainda não estavam aptas a fazerem os exames de Swab para diagnosticar Covid-19. Estes pacientes estão em isolamento domiciliar e são  monitorados a cada 48 horas.

Caso os sintomas do paciente apresentem agravamentos, haverá indicação para fazer a testagem.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Queimados tem 69 casos positivos e seis óbitos confirmados por Covid-19, além de 42 casos suspeito

5 comentários sobre “Queimados adquire 10 mil testes rápidos para diagnóstico do novo coronavírus

  1. Fiquei internado por 1,5 dia Na UPA atras do Souza Aguiar, com suspeita de covid-19, fiquei 13 de quarentena em casa, já voltei ao trabalho mas gostaria de fazer o teste para confirma se realmente estou com anticorpos, eu moro em Nova Iguaçu.

  2. Fiz o teste com resultado positivo. Eu e meu companheiro, tivemos os mesmos sintomas. Só que ele não conseguiu fazer o teste. Eu fiz pir ser da área de saúde.
    Tem como ele fazer?
    Tem uma sesemana, que meu irmão faleceu de COVID, tivemos contato antes sem saber.
    Gostaria muito que ele fizesse o teste.

  3. Minha esposa. Está. Com suspeita.de covid19 ela fez a tomografia onde posso levar para realizar teste rápido de graça moro em nova iguaçu

  4. Fui neste local hoje,super mal atendida pela menina da recepção,ela que decide se passamos pelo médico ou não,eu já diagnosticada com covid,fui fazer o exame que o médico da UPA pediu pra repetir,fiz logo após pedi pra passar pelo médico a mesma disse que não tinha necessidade,mesmo vendo que eu estava bem cansada,sai do direto pro Posto de saúde próximo,após passar pela doutora de ouro lugar que diagnósticou que eu estava em um estágio crítico,passou exames mandou eu retornar pro Cethid pra fazer,chegando lá tido certo pra fazer pois fui atendida por um rapaz super educado,a mesma qdo viu pediu que ele levar a minha ficha pra ela,qdo entrei na sala do médico já estava tudo certo pra eu não fazer o exame,pois ela já tinha passado tudo pra ele,e ele sem postura médica nenhuma disse que eu não tinha necessidade de fazer exames,e ainda falou pra eu retornar dos dias depois que ele ficaria eu fazer,ou seja,quem mesma o médico ou a técnica?Médico acatou o que ela passou pra ele.Deveriam trocar de lugar.Por isso que as pessoas morrem,por um tratamento assim.Em uma época de pandemia um lugar específico e senis tratados assim,esses profissionais não deveriam estar ali,médico agir não se impõe levanta e da lugar pra outro.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.